defeito-no-radiador

O radiador é a peça responsável por resfriar o fluido que circula pelo motor, fazendo com que a temperatura do veículo não aumente e cause danos aos equipamentos.

Por ter um papel importantíssimo para que o automóvel tenha um bom funcionamento, é preciso que o radiador seja bem cuidado, ou pode ser afetado por alguns problemas. 

Desta forma, separamos neste post 4 problemas causados por defeitos no radiador.

Continue lendo e descubra!

Qual a importância de cuidar bem do sistema de arrefecimento do seu veículo?

O sistema de arrefecimento de um veículo é essencial para que ele esteja em condições ideais de viagem, sem que o motorista tenha dores de cabeça com problemas eventuais. Dependendo do transtorno, é capaz até que ocorra a perda total do automóvel.

É o sistema de arrefecimento que fará com que toda a parte mecânica do automóvel se mantenha na temperatura ideal enquanto ele está em funcionamento. Ele é formado por diversos componentes e o radiador é um deles. O ideal é que a temperatura fique em torno dos 90ºC. 

Como o sistema de arrefecimento funciona?

Como dissemos ali em cima, o sistema de arrefecimento é formado por diversos componentes mecânicos, que devem estar funcionando de forma harmônica para evitar o superaquecimento do motor. 

Várias mangueiras de passagem de fluido refrigerante estão presentes em volta das principais partes do motor, como a câmara de combustão. O fluido vai até lá, troca calor com o motor e retorna ao radiador. Com a ajuda da ventoinha, o fluido é resfriado novamente.

Caso haja um vazamento nas mangueiras, o fluido refrigerante não conseguirá completar todo o percurso necessário para resfriar o motor!

É importante também que o fluido refrigerante não seja composto apenas por água, pois ela pode evaporar ou congelar, devido aos processos de troca de calor que ocorrem no sistema de arrefecimento. 

Por isso, é recomendado que o fluido possua em torno de 50% de água e 50% de aditivo.

A seguir, listamos os quatro problemas que podem ser gerados por um defeito no radiador.

Confira:

1 – Superaquecimento do motor

Um dos principais sinais de que o radiador não está funcionando como deveria, é o superaquecimento do motor. Um dos indicadores é o termômetro que fica no painel de controle do veículo e indica como anda a temperatura. Se ela estiver acima de 100ºC, é bom ficar atento, pois algo pode não estar funcionando como deveria!

2 – Vazamento nas mangueiras

Já falamos ali em cima um pouco sobre como o vazamento nas mangueiras pode afetar o sistema de arrefecimento do veículo. É comum algumas peças sofrerem desgastes conforme o uso e o tempo. 

Desta forma, podem surgir furos nas mangueiras que ligam o radiador ao motor, gerando problemas de resfriamento, uma vez que o fluido que seria levado até o motor para que ele se resfrie não consegue terminar o seu trajeto devido ao vazamento, aumentando as chances de o motor danificar.

3 – Travamento na válvula termostática

Este problema ocorre quando não existe a quantidade ideal de fluido no radiador. Quando não há a existência desse líquido, a válvula termostática pode entupir e apresentar mal funcionamento. 

Além disso, a falta de fluido refrigerante pode causar também o ressecamento das mangueiras e o acúmulo de resíduos em todo o sistema.

4 – Problemas na junta do cabeçote

Quando há excesso de ar, a junta do cabeçote pode apresentar problemas quando há impedimento na passagem do fluido refrigerante pelo radiador. Assim, a junta do cabeçote se danificará, levando o sistema ao superaquecimento e gerando danos muito maiores para o motor do carro, se não for resolvido a tempo.

Um ponto que muitas pessoas não se importam, mas que é importante se atentar, é a troca da tampa do radiador, pois ela evita o superaquecimento do motor. É ela quem vai manter o fluido refrigerante no interior do radiador.

E caso a temperatura do fluido refrigerante esteja muito alta, esta tampa aliviará a pressão, através de molas que a fazem subir, liberando o excesso de pressão vinda do Radiador.

E, batendo sempre na mesma tecla: qualquer problema causado por algum componente do sistema de arrefecimento que possa gerar o superaquecimento do motor, é algo que precisa ser revisto logo, uma vez que podem surgir danos irreversíveis ao automóvel. Evitar o efeito cascata é fundamental, e você não quer isso, quer? 

Consulte um mecânico de sua confiança em um centro automotivo de credibilidade para saber como está o radiador do seu veículo, caso você note algo fora do normal!

E aí, se sente mais seguro ao ter que lidar com algum problema voltado para o radiador do seu veículo?

Pois saiba que, por mais que tenhamos dado um panorama geral sobre os problemas causados por defeitos no radiador, as revisões e manutenções periódicas ainda devem ser feitas e, caso uma peça precise ser substituída, utilize peças originais e de qualidade.

Esperamos que tenha gostado da leitura e não deixe de assinar nossa newsletter para receber mais conteúdo como esse em seu e-mail!