Você já sentiu um cheiro forte de gasolina em seu carro? Diversos fatores podem causar esse incômodo, sendo necessário ficar bastante atento a isso, pois, além de ser um risco em muitos níveis, essa questão também pode ocasionar um grande desperdício de combustível.

E, quais seriam os fatores que podem provocar esse cheiro forte de combustível em seu carro?

Motor com vazamentos

A partir do momento em que você perceber algo de errado no interior de seu carro em se tratando de cheiros estranhos de combustível, a primeira medida que precisa ser tomada é conferir o compartimento do motor. Isso porque pode estar havendo vazamento nele, ocasionando a evaporação do combustível dentro do veículo, o que, inclusive, pode ocasionar um incêndio.

Percebendo algo do tipo, não tente usar o carro, e leve-o imediatamente a um mecânico de confiança. E, nesse aspecto, verifique também se as mangueiras estão ou não em bom estado, pois elas podem ressecar com o passar do tempo, causando vazamentos.

Material do tanque de combustível

Em alguns veículos, o tanque de combustível é feito de plástico por motivos de segurança (em casos de colisão, por exemplo, ele se deforma da mesma forma que a carroceria, o que evita tragédias mais graves em caso de acidentes). No entanto, ele também corre mais risco de ter vazamentos, afinal, o material dele é bem mais maleável do que o normal.

Nesse sentido, o que fazer, então? Prevenção. Com uma vedação e uma montagem corretas, esse tipo de problema, geralmente, é evitado.

Problemas no sistema de injeção

Esse sistema é o que gerencia a injeção de combustível no motor. Como se trata de um combustível pressurizado através de peças como reguladores de pressão e engates que podem, com o tempo de uso, falhar e, eventualmente, provocar vazamentos.

Eis aqui mais um item que precisa ser regularmente revisado.

Dificuldades no escapamento do carro

Quando falamos em cheiro de combustível no carro, podemos ter, na verdade, um sério problema de escapamento. É quando o excesso de combustível sai por esse equipamento devido a uma falha na queima desse mesmo combustível.

Caso o escapamento esteja com furos, é certo que o cheiro permanecerá no interior do veículo, mesmo que alguém de fora sinta o odor de longe.

Veículo parado por tempo demais

Isso mesmo, caso o seu carro fique muito tempo na garagem, é provável que ele fique com um forte odor de combustível. E, um bom exemplo disso é a gasolina, que, parada em torno de 15 dias no tanque de combustível, começa a perder suas principais qualidades, e acabam criando impurezas, que, entre outras coisas, entopem mangueiras e filtros de combustível.

O escapamento também é outro componente que sofre por está muito tempo sem uso. Pelo fato dos combustíveis brasileiros possuírem muita água, caso o veículo fique num mesmo lugar por muito tempo, esse líquido se acumula no escapamento, o que acaba causando furos e corrosões.

Problema no sistema de partida a frio

Carros que são movidos a etanol ou flex possuem um pequeno tanque montado no cofre do motor, e, nesse sistema, podem aparecer vazamentos por diversos lugares, seja pela bomba de pressão, seja pela válvula de controle.

Inclusive, um vazamento de combustível, nesse caso, torna-se mais evidente quando o ventilador interno é ligado, já que ele puxará o ar que se encontra na parte dianteira do veículo, e é justamente naquela região que fica o tanque desse sistema de partida a frio.

No mais, o ideal é que, percebendo um cheiro de combustível em seu veículo, você leve o carro ao seu mecânico de confiança, pois a experiência dele fará com que ele localize o problema com mais facilidade.

E, não se esqueça: compre sempre peças originais e de marcas de credibilidade com a Rhino Auto Parts.