O setor automobilístico, independente da situação econômica na qual estejamos, é uma área com bastante força. Pelo menos, é o que demonstra o balanço das vendas de veículos divulgados pela Fenabrave, a Federação Nacional da Distribuição de Veículo Automotores. Só em novembro deste ano, por exemplo, houve um aumento de 13,1% nas vendas em comparação ao mesmo mês do ano passado.

E, dentre os vários modelos comercializados, alguns se destacaram bastante, e é o que vamos conferir a seguir, falando um pouco a respeito dos 10 carros mais vendidos em novembro de 2018.

1. Chevrolet Onix

Compacto produzido pela Chevrolet, e desenvolvido e fabricado pela General Mortos do Brasil, o Onix foi apresentado, pela primeira vez, no Salão do Automóvel, em São Paulo, na edição de 2012. Três anos depois, trouxe significativas inovações em sua central multimídia, além de controles de áudio no volante, por exemplo. Já, a versão 2019 do veículo traz atualizações no quesito segurança, em especial, em barras de proteção laterais. O número de emplacamento em novembro passado foi de 22.277. 

2. Wolkswagen Gol

Uma verdadeira coqueluche, surgida no Brasil nos anos 80, e que ainda hoje causa sucesso. Não à toa, é o modelo mais importado do país. A sua versão mais recente possui câmbio automático com 6 marchas, anexado ao motor 1.6 16v EA211 de 110/120cv. O modelo teve uma quantidade de 8.836 emplacamentos em novembro desse ano.

3. Ford Ka

Lançado em 1997 no Brasil, o famoso Ford Ka é exportada para toda a América Latina. Recentemente, a Ford lançou uma versão mais “aventureira” do compacto, com suspensão elevada e pneus de uso misto com maior diâmetro. O número de emplacamentos desse modelo mês passado foi de 8.834.

4. Hyundai HB20

Esse aqui foi o primeiro carro popular produzido pela Hyundai no Brasil, em 2012. A primeira mudança em seu designer ocorreu em 2015, ano em que começou a figurar entre os carros mais vendidos do país. Seus emplacamentos em novembro passado chegaram a 8.395.

5. Chevrolet Prisma

A primeira versão desse compacto saiu no segundo semestre de 2006, sendo totalmente desenvolvido no Brasil, e com forte apelo “esportivo”. As novas versões trazem câmbio automático de seis velocidades GF6, além de uma grande lista de acessórios e linhas da carroceria. Seus emplacamentos em novembro passado chegaram a 7.598.

6. Renault Kwid

O lançamento desse modelo no Brasil só se deu em agosto de 2017, mas, o que ele tem de “novato”, tem de preço popular. No quesito segurança, a Renault promoveu uma série de melhorias para esse carro aqui na América Latina, entre elas, airbags frontais e laterais (que contemplam cabeça e tórax em uma única bolsa) e sistema Isofix para crianças. Os emplacamentos desse modelo chegaram a 7.092 mês passado.

7. Fiat Argo

Modelo que, assim como o Kwid da Renault, é relativamente recente aqui no Brasil (seu lançamento foi em maio do ano passado), e cujo diferencial está em seu acabamento interno, com aços de ultra resistência e oferece maior rigidez torcional. E, novembro, seus emplacamentos no país foram de 6.078.

8. Volkswagen Polo

Modelo fabricado na Alemanha desde 1975, mas, que só veio a ter uma versão 100% brasileira em 2002. Obviamente que, com tanto tempo de estrada, o modelo passou por inúmeros aperfeiçoamentos, e hoje, teve 5.644 emplacamentos só em novembro deste ano.

9. Hyundai Creta

Compacto lançado no Salão Internacional do Automóvel de Pequim, no ano de 2014, chegando ao Brasil dois anos depois, e agora “emplacou” 5.171 unidades mês passado.

10. Renault Sandero

Modelo com diversas versões disponíveis aqui no Brasil, e que foram ganhando melhorias significativas ao longo dos anos, em especial, em seus acabamentos internos, e com boas opções de câmbios automáticos. “Emplacou” 5.110 unidades em novembro desse ano.

E, então, algum desses modelos é o seu, ou pretende comprar alguns desses em breve? Certo mesmo é que são carros que continuarão com ótimas vendas nos próximos meses, injetando ainda mais vigor nesse forte setor, que é o automobilístico.