Não é novidade pra ninguém que o ar-condicionado virou item quase que obrigatório nos carros de hoje em dia. Porém, a sua instalação requer alguns parâmetros para que esse sistema funcione à perfeição. Uma dúvida recorrente, inclusive, é o motorista pode instalar esse aparelho sem que seja item de fábrica.

Vamos elucidar isso agora.

Substituir ou não substituir os componentes?

A primeira questão a ser levada em consideração nesse tipo de instalação é se é preciso substituir algum componente do carro para a colocação de um aparelho de ar nele. A resposta: depende muito do fabricante e do modelo do veículo.

Carros que sejam populares (os também conhecidos 1.0) possuem, geralmente, toda a infraestrutura para a instalação de um ar-condicionado sem ser de fábrica. Essa infraestrutura inclui ventoinha do radiador, bateria de 45A, sistema de ventilação interna veicular, entre outros itens, o que facilita bastante o processo.

Claro, às vezes, algum componente mínimo precisa, de fato, ser trocado, mas, fique atento para a real necessidade da troca desses itens, pois, nem sempre é preciso fazer isso.

É vantajoso instalar um ar-condicionado sem ser de fábrica?

Aí, depende de um fator básico. Caso o seu carro seja de um modelo mais antigo, não vale muito a pena, já que eles não possuem a estrutura suficiente para comporta esse tipo de aparelho. Você pode até fazer as alterações que são necessárias, mas, em geral, vai sair tudo muito caro, além de correr o risco de afetar a eficiência do veículo.

Porém, caso o seu veículo seja de um modelo mais recente, a coisa já muda de figura, pois ele poderá receber esse aparelho de forma mais orgânica. Inclusive, muitos profissionais que trabalham na área argumentam que é mais vantagem instalar o ar-condicionado de forma avulsa no carro, do que comprá-lo com esse item de fábrica.

Isso sem contar, claro, que o ar-condicionado está entre os itens que mais valorizam o seu carro numa possível revenda no futuro.

Existe alguma desvantagem em fazer essa instalação?

Sim, existem alguns pormenores que precisam ser vistos se você realmente se interessar em colocar esse aparelho em seu carro não sendo de fábrica. A primeira das desvantagens é que o seu veículo perderá a originalidade, já que algumas peças precisam ser trocadas para haver a instalação.

Outro problema que isso pode acarretar é que o motor terá uma redução na sua potência, pois agora ele a dividirá com o compressor de ar. Em geral, a potência do motor é reduzida em 8 cavalos com a instalação de um aparelho sem ser de fábrica.

Por fim, podemos listar como uma desvantagem o custo alto para a realização dessa instalação, mesmo em carros mais recentes.

E, como essa instalação deve ser feita?

Para uma instalação bem sucedida desse componente em seu veículo, existe uma maneira que é a mais adequada de todas: procurar esse tipo de serviço em uma oficina que seja autorizada para esse tipo de instalação. Dessa maneira, o motorista acabará reduzindo o valor que iria pagar pela instalação caso fizesse em uma concessionária.

Lembre-se, comprar peças originais na Rhino Auto Parts fará com que o desempenho do seu carro permaneça e o ar-condicionado funcione em condições adequadas.