Motor do Veículo: Saiba como evitar dores de cabeça inesperadas

O motor é o coração do carro, e por isso é necessário que se tenha o máximo de atenção e cuidados para que ele não venha causar dores cabeças futuras. Alguns desses problemas podem ser percebidos por barulinhos no motor, ou até mesmo com “estouros” do carro no decorrer do dia-a-dia, principalmente em carros movidos com GNV. 

O que é de praxe é a manutenção preventiva, que é indicada pelo manual do veículo, onde se troca o óleo, o filtro de ar, de combustível, porém algumas outras peças que possuem total importância para a saúde do motor como velas por exemplo, merecem ter uma atenção para não gerar um alto gasto no futuro. Com isso algumas dicas para evitar essas situações devem ser levadas em conta, como:

Como evitar que seu veículo fique estourando no trânsito 

Quem nunca saiu na rua e escutou aquele estouro seguido da falha do motor tanto no seu carro como em outro? Esse é um problema que incomoda muita gente por aí, porém esse incômodo pode gerar uma grande dor de cabeça no futuro, como por exemplo quebrar a caixa do filtro de ar e também danificar outras peças vitais do motor, e para evitar isso é necessário que alguns ítens devam estar sempre em ordem, como:

As velas de ignição e o calor influenciam diretamente na queima de combustível, e o filtro de ar (não é o filtro de ar condicionado hein) ajuda na mistura do ar com o combustível.

Esses estouros podem ser ocasionados em duas situações, ou o combustível não tem boa qualidade ou essas peças estão já apresentando algum problema. Como o nosso combustível infelizmente não possui boa qualidade, é sempre indicado que você mantenha a manutenção desses itens sempre em dia, para que não gere um problema maior que apenas estouros, como a quebra da caixa do filtro de ar por exemplo, que pode danificar vários outros componentes. 

Barulho no tucho hidráulico no motor do veículo

Primeiramente, é importante saber o que é o Tucho do motor. Ele nada mais é do que um componente similar aos amortecedores que ficam dentro do motor.

Quando esses componentes apresentam algum defeito, o primeiro sintoma é um barulho no motor como se fossem bolinhas de gude batendo, isso geralmente ocorre mais em carros movidos a GNV por conta de eles consumirem mais óleo que os veículos convencionais e no final esse barulhinho pode te gerar uma dor de cabeça enorme por danificar vários componentes diretos do motor.

Como evitar esses problemas?

O principal é manter o óleo em dia com o nível indicado, não passando da quilometragem indicada na última troca, pois o óleo fino perde viscosidade, podendo danificar o tucho e outras peças, ou seja, um bom óleo tem um papel principal na prevenção desses e vários outros danos no seu motor, e ainda existem outros produtos que aumentam a performance do seu motor e que também pode amenizar os danos em casos extremos, como o Graffeno por exemplo.

Veja também: