Na hora de detectar qual é o problema que está acontecendo no sistema de refrigeração, é bom dar bastante atenção ao radiador do carro.

O radiador do carro é, sem dúvidas, uma daquelas peças que, no momento em que apresenta defeito, se não for rapidamente trocada, pode comprometer o motor. No sistema de refrigeração, ele é responsável pela diminuição da temperatura, com o auxílio da ventoinha e do ar externo.
Mas, será que é fácil perceber que essa peça está funcionando bem? Como saber se o radiador do meu carro está com problemas, qual a melhor forma de prevenir e de solucionar, caso ele apresente sintomas? Vamos saber mais?

Quais os principais sinais de que o radiador do carro está com problemas?

O principal problema e o que pode realmente dar dor de cabeça é o superaquecimento do motor. Falamos sobre isso em um dos nossos artigos. E a consequência máxima do superaquecimento é fundir o motor, ou seja,ele parar de funcionar totalmente: e aí o prejuízo pode ser maior ainda, do que apenas trocar o radiador.
Mas, existem alguns sinais anteriores aos quais é preciso prestar atenção, para que você não tenha que lidar com esse cenário:

Temperatura: o motor trabalha, em média, entre 115º e 135º. Se esse valor estiver alterado, é o primeiro sinal para você perceber que o seu radiador pode apresentar problemas.

Nível de água: perceba se você tem que trocar constantemente. Um radiador que está com defeito vai ter dificuldade de manter a temperatura e a água passa a evaporar.

Líquido de arrefecimento escurecido: observe como está o líquido de arrefecimento. Se estiver escurecido ou parecer trazer ferrugem, atenção! Qual foi a última vez que você prestou atenção na troca do fluido? Ele deve ser trocado em média a cada 30 mil km. Qual é o aditivo que você vem usando?
Quero ver opções de aditivos para o meu carro

Como prevenir para que o radiador do carro não apresente problemas?

O radiador é uma peça de alta durabilidade e existem alguns cuidados periódicos que você pode ter para manter essa característica:
– observar se há algum dos sintomas citados acima
– analisar com um mecânico se há algum ponto de vazamento ou entupimento
– manter as revisões em dia – verifique a periodicidade no manual do carro
– faça limpeza não só no radiador, mas em todo o sistema, de 2 em 2 anos pelo menos

O radiador do meu carro está com problemas. E agora?

Bom, primeiramente, verifique se o radiador está totalmente perdido. Existem algumas possibilidades a serem levadas em consideração. Se ele estiver entupido, com os dutos obstruídos, um mecânico especializado pode ajudar. Ele deve identificar (você já consegue perceber isso quando o motor estiver sendo muito demandado, na hora de uma rotação mais alta, pode haver um aquecimento maior) se há como limpar e garantir a solução. O radiador do carro pode estar totalmente comprometido ou apenas uma parte.
Caso ele esteja completamente comprometido, não tem jeito: tem que trocar. Sempre dê preferência a peças originais: elas têm garantia e têm maior durabilidade. Quer saber mais? Só clicar abaixo:

Quero conhecer opções de radiador do carro